Cães podem contar?Já se perguntou quão inteligente seu cachorro realmente é? Ele está sempre disposto para dar uma caminhada ou para um jogo de frisbee, adora guloseimas e te dá lambeijos desleixados, mas o que acontece em sua mente? Quando você vive com um amigo canino, você sabe que ele é inteligente. Na verdade, você pode até pensar que o seu cão é o mais inteligente de todos. Mas sabia que ele pode contar?! Sim, tipo 1, 2, 3! Você pode se perguntar o que o o pensamento quantitativo e a matemática têm a ver com o seu melhor amigo, mas surpreendentemente, estudos mostram que os cães têm a estranha habilidade não só de contar, mas também de fazer as contas.

Cães podem contar

Cães são capazes de raciocínio quantitativo?

Enquanto algumas pessoas não acreditam que os cães são capazes de pensar quantitativamente, outros estão ocupados realizando pesquisas que revelam que os cães são mais inteligentes do que costumava-se acreditar. Em humanos, o raciocínio quantitativo é a aplicação de conceitos matemáticos e habilidades para resolver problemas do mundo real.

Quais são as habilidades cognitivas de um cão?

Um dos aspectos mais rigorosos do raciocínio quantitativo é o julgamento da numerosidade, que é a capacidade de comparar dois grupos de itens. Por exemplo, vemos um estacionamento cheio de carros e um ao lado dele com poucos carros, e sabemos instintivamente sem contar que um lote tem mais carros do que o outro. O notável psicólogo Stanley Coren, autor de “A inteligência dos Cães” (“The Intelligence of Dogs: A Guide to the Thoughts, Emotions and Inner Lives of Our Canine Companions” no original em inglês) revisou inúmeros estudos sobre inteligência de cães. Ele diz em uma entrevista: “Seus impressionantes lapsos de brilho e criatividade são lembretes de que eles podem não ser Einsteins, mas certamente estão mais próximos dos humanos do que pensávamos.”

Em um dos testes de numerosidade aplicados em cães, os experimentadores colocaram duas pilhas de ração, uma com duas peças, outra com 10 peças. Quando o cão corre para a pilha de 10 peças, sugere que ele pode ter tomado a decisão com base em seu julgamento de quantas peças estavam na pilha, o que mostra a capacidade de julgar a numerosidade. Em um ambiente de laboratório, os cães aprendem a pressionar um painel com mais ou menos pontos pintados sobre ele e obter uma recompensa alimentar, que é a prova de que eles entendem o conceito de numerosidade.

Várias espécies animais diferentes testaram nesta conceito, tendo menos pesquisa em cães. Em um estudo projetado para chimpanzés e adaptado a 27 cães domésticos, os sujeitos observaram como diferentes quantidades de alimentos foram sequencialmente jogados em cada uma das duas tigelas. Os cães podiam selecionar e comer o conteúdo de uma das tigelas com a expectativa de que eles escolheriam comer mais comida. O desempenho dos cães não superou as chance em todas as outras proporções, ou seja, o resultado foi inconclusivo. Mas no segundo experimento, com uma única cobaia da raça collie, no lugar das guloseimas, foram usados estímulos não alimentares em uma placa magnética. A collie, chamada Sedona, recebia uma recompensa ao escolher o quadro com mais itens, e quando ela selecionava incorretamente, não recebia um mimo. No geral, seu desempenho foi incrível, e o estudo completo está disponível na revista Science Direct.

Raças inteligentes são melhores em contar?

Alguns estudos mostram que a inteligência dos cães é igual à de crianças humanas. Mas isso é inteligente o suficiente para ser capaz de contar? As raças inteligentes são contadoras mais hábeis?

Raças inteligentes são melhores em contar?

Em 2017, o cachorro no topo da lista dos cães mais inteligentes era um border collie. É fácil, os border collies estão sempre na vanguarda dos caninos mais inteligentes do mundo todos os anos. Vê-los navegar em um julgamento de pastoreio ou manter um monte de ovelhas em formação é testemunhar o gênio canino. À medida em que os border collies realizam essas tarefas, seu cérebro está em overdrive, funcionando ao máximo. Mas border collies, com todas as suas inteligências superiores, podem contar? E eles podem contar mais do que outras raças? No caso de um border collie trabalhando, ele sempre sabe quantas ovelhas ele precisa para voltar para o pasto, ou se uma ou mais se desviaram, então border collies e outros cães controlando ou guardando gado contam a vida toda.

Cães diferentes são espertos de maneiras diferentes. Mesmo uma das raças mais inteligentes e ensinadas pode ser ruim em matemática e melhor em ler sua mente. Dr. Brian Hare, diretor do Duke Canine Cognition Center, autor de “Seu cachorro é um gênio!” e um dos maiores especialistas em cognição canina no mundo, diz: “não há evidências que mostrem que uma raça é cognitivamente superior a outra.”

Cachorro sabe contar?

Por que um cachorro precisaria contar?

Com toda a excitação sobre cães terem a habilidade de contar, de que adianta essa habilidade para um cachorro? Afinal, não esperamos que eles equilibrem nosso talão de cheques ou gerenciem o orçamento familiar. Mas ter o dom de contar e fazer aritmética simples era vital para os ancestrais selvagens do cão para manter o controle dos filhotes. Se um deles se afastasse, sua mãe sabia que seu filhote estava desaparecido depois de uma contagem de cabeças e partiria em uma busca para trazê-lo de volta. Nossas mães domésticas mantêm o controle de seus filhotes da mesma maneira, embora o filhote só possa vagar para outro quarto.

E no exemplo de trabalhar pastoreando cães como border collies e outros cães de gado, ou guardiões de gado como os Grandes Pirineus, a capacidade de contar é inestimável e se torna uma parte crucial de seu trabalho. Outra razão importante para os cães contarem é brincar conosco. Se não por outras razões, contar deve ser divertido!

Cachorros podem calcular matematicamente?

Cachorros podem fazer matemática?

Matemática é um requisito para as pessoas. É útil de tantas maneiras em nossas vidas diárias. Mas os cães precisam de matemática? Talvez não, mas eles podem, de fato, fazer cálculos! Os cachorros podem não ser magos da matemática, mas dê a ao seu amigo canino uma chance de mostrar sua proeza matemática e se prepare para se surpreender.

Robert Young, da Pontifícia Universidade Católica do Brasil, e Rebecca West, da Universidade de Lincoln, no Reino Unido, modificaram um teste projetado para bebês humanos para saber se os cães poderiam fazer aritmética básica. O teste original envolvia “visualização preferencial” que mediu quanto tempo o bebê olhou para as coisas. Pesquisas mostram que, mais inesperado ou incomum algo for, mais adultos e crianças olharão para esse algo por mais tempo.

Para o teste canino, um grande petisco foi mostrado ao cão, em seguida, escondido de sua vista por uma tela. Enquanto o cão observava, os experimentadores adicionaram outro petisco. Agora o cachorro está pensando em um petisco somado a outro, sendo duas guloseimas. Mas os experimentadores removeram um petisco de modo que quando a tela apareceu, havia apenas um. Assim como no teste com bebês, o cão olhou surpreso para este resultado inesperado. Quando o experimentador secretamente adicionou outro mimo para fazer três guloseimas, os cães ficaram igualmente surpresos quando viram não duas, mas três guloseimas. A partir disso, os experimentadores deduziram que os cães não só podem contar, mas também podem fazer matemática simples.

Brincadeira de contar e outros jogos mentais para brincar com seu cachorro

Brincando de contar com seu cão

Agora que você sabe que os cães podem contar, você pode projetar alguns jogos de contagem para manter seu cão ativo. Agora, tenha em perspectiva que os números são complicados. Nem todos os cachorros se destacam em matemática. Alguns cães vão entender o jogo de números imediatamente; outros podem ir embora entediados. Somente através de tentativa e erro você descobrirá o gênio da matemática interior do seu amigo peludo. Uma ideia é começar com algo baseado nos estudos que os pesquisadores realizaram. Mantenha-o simples e intrigante usando uma variedade de brinquedos ou guloseimas.