Você conhece o calendário de vacinação do seu petManter a vacinação do seu bichinho de estimação é cuidar dele, mas também de toda a sua família. Imunizar o seu pet corretamente impede que ele esteja protegido de doenças que o levem ao óbito ou até mesmo transfira o vírus para os humanos que convivem com ele. Vacinar o seu animal de estimação é sinônimo de cuidar da saúde e bem-estar dele, pois isso é o que irá garantir uma vida longa e feliz para o seu companheiro. Depois que essa medida estiver feita, você poderá passear com ele em parques, brincar com ele na rua e até deixá-lo conviver com outros animais de maneira segura e sem preocupações.

Hoje, não existe um calendário oficial feito pelo governo do país com todas as vacinas que o seu cachorro ou gato devem tomar para ter uma vida saudável e ativa. Para os órgãos oficiais, apenas a vacina antirrábica, que é oferecida de modo gratuito pelas prefeituras, é obrigatória, pois esta é uma das doenças que podem ser transmitidas para os seres humanos. Com o intuito de te ajudar, nós listamos as principais indicações de médicos veterinários que são ideais para proteger principalmente as primeiras fases de vida do seu companheiro.

As principais vacinas para cães

A primeira aplicação deve acontecer quando o animal tem um mês e meio, as vacinas para esse período são as V8 ou V10. Consideradas indispensáveis pelos profissionais de medicina veterinárias, elas são polivalentes e agem contra doenças infectocontagiosas.

Com três meses, é preciso repetir a dose, considerada um reforço da vacina V8 ou da V10. Nesse período, é possível considerar também a aplicação contra a vacina que protege o animal da gripe canina e da giardíase. Essas doenças são consideradas comuns no país, mas ainda assim precisam ser aplicadas caso haja a indicação do veterinário. Nesse período, é fundamental proteger o seu bichinho contra a raiva. Essa vacina é oferecida gratuitamente pelas prefeituras das cidades e é obrigatória.

No quarto mês de vida, os animais tomam a última dose de V8 ou V10 e também as segundas doses das vacinas contra a gripe e a giardíase. Anualmente é preciso reforçar as vacinas antirrábicas e também polivalentes como a V8 ou V10. Por isso, consultar um médico veterinário com frequência é a maneira mais segura de deixar o seu bichinho super saudável.

As vacinas que os gatos precisam tomar

Não são apenas os cachorros de estimação que precisam manter em dia as suas vacinas. Os gatinhos também merecem ter uma vida saudável, ativa e segura, principalmente porque eles adoram dar longos passeios nas ruas, mas no fim, voltam sempre para casa. Assim como os cachorros, para os gatos, a vacina antirrábica também é obrigatória e oferecida pelos serviços de saúde das prefeituras municipais. Mas, em outros casos, eles precisam de algumas outras aplicações que são indicadas pelos médicos veterinários.

A primeira a ser tomada é aos dois meses de idade, e é a dose da vacina quádrupla felina. Em alguns casos, os médicos também aplicam nesse período imunização contra a leucemia felina, que é um dos grandes fatores de óbito dos gatos. Com três meses, o animal deve receber a dose de reforço da quádrupla felina e o reforço da injeção contra a leucemia felina.

Com quatro meses é hora de tomar a vacina obrigatória contra raiva e a última dose da quádrupla felina. Os gatos também precisam receber reforços anuais das vacinas de raiva e da quádrupla felina. Esses cuidados são essenciais para que o seu bichinho de estimação viva mais e melhor.

Para manter esses cuidados e o calendário de vacinação do seu pet em dia é preciso ter um médico veterinário de confiança para sempre estar ao lado. A Vitalpet tem planos de saúde para cães e gatos que cabem no seu bolso e incluem vacinação, castração, consultas e muito mais. Acesse o nosso site e veja as principais vantagens de cada plano.