A pera é uma das frutas prediletas de crianças e adultos, a pera é doce e suculenta, ideal para comer entre ou depois das refeições. Fato é que, independentemente do momento escolhido para degustar a fruta, se você tem um pet pidão em casa, é bem provável que ele lhe peça um pedacinho. Mas será que os pets podem comer pera?

Índice:

  • Os perigos das peras para cães e gatos.
  • Os cães e gatos precisam de pera?
  • A maneira mais segura de alimentar cães e gatos com peras.
  • Quanta pera você pode dar a um animal de estimação?
  • Cães e gatos podem ser alérgicos a peras?

Cães podem comer pera? Descubra neste post! | PetloveSim, cães e gatos podem comer peras, embora, como muitas outras frutas, isso não significa que eles precisam ou devam. As peras não são tóxicas nem perigosas e oferecem os benefícios das fibras, antioxidantes, vitaminas A, C, K e cobre sem serem ricas em calorias.

Alguns cães gostam do sabor das peras, mas como os gatos não têm receptores para as papilas gustativas para alimentos doces, é difícil prever se eles vão gostar de comer essa fruta.

Os cães são classificados como onívoros, o que significa que obtêm benefícios nutricionais de produtos vegetais e animais, enquanto os gatos são carnívoros obrigatórios e obtêm suas necessidades de energia dos tecidos animais. Isso significa que os benefícios nutricionais das peras são mínimos para os gatos.

Os perigos das peras para cães e gatos

Há oito preocupações possíveis para se ter em mente ao alimentar animais de estimação com peras. Eles estão:

  1. Produtos frescos podem conter bactérias, como salmonela, E.coli e Listeria. A contaminação pode ocorrer na fazenda, supermercado ou mesmo em nossas cozinhas. Os sintomas de infecção incluem vômitos, diarreia, letargia, desidratação, fraqueza, falta de apetite e falência de órgãos.
  2. As peras podem ser contaminadas com uma variedade de pesticidas, que podem ser tóxicos ou causar problemas gastrointestinais em alguns animais de estimação.
  3. O risco de asfixia pode ocorrer pela ingestão de caroços ou pedaços grandes de pera. Isso é mais comum em cães pequenos.
  4. O caroço da pera contém vestígios de cianeto, que pode ser tóxico e nunca deve ser dado aos animais de estimação.
  5. Pancreatite ou problemas gastrointestinais podem ocorrer em alguns cães e gatos que não estão acostumados a comer peras. Os sinais clínicos incluem vômitos, diarreia, letargia, falta de apetite, flatulência ou desconforto abdominal.
  6. Embora alergias documentadas a peras sejam incomuns em cães e gatos, alguns animais de estimação podem ser alérgicos. Saiba mais sobre alergias alimentares em cães e gatos.
  7. Produtos de padaria, doces ou outros alimentos humanos com sabor de pera que contenham xilitol podem ser tóxicos para os cães. Saiba mais sobre a toxicidade do xilitol em cães.
  8. Folhas e caules são difíceis de digerir e podem causar irritação ou obstrução gastrointestinal.

Se o seu cão ou gato ingeriu pêra, caroço, caule ou folhas de pera e está apresentando sintomas como dificuldade para engolir, engasgo, tosse, vômito, diarreia, dor abdominal, esforço para defecar, falta de apetite ou letargia, ligue seu veterinário ou clínica de emergência mais próxima.

Os cães e gatos precisam de pera?

Não há nada nas peras que os animais de estimação requeiram, no entanto, elas podem ser uma guloseima de baixa caloria para os cães. O que os cães e gatos precisam é de um alimento de alta qualidade, formulado para atender ao seu estágio de vida.

A maneira mais segura de alimentar cães e gatos com peras

A maneira mais segura de dar pera ao seu animal de estimação é alimentando-o com pequenos pedaços de frutas frescas ou cozidas, lavadas e descascadas, que não contenham caule, sementes e restos de folhas. O tamanho das peças deve ser semelhante ao seu croquete. Não alimente pastéis com sabor de pera ou doces adoçados com xilitol ou quaisquer pratos à base de pera cozidos com outros alimentos que podem ser tóxicos, como passas, cebolas ou alho.

Quanta pera você pode dar a um animal de estimação?

Frutas que cachorro pode comer: veja algumas opções | PetzSe oferecer pera como lanche, aproximadamente 1 colher de sopa é suficiente para um cão ou gato pequeno, 2 colheres de sopa para um cão de tamanho médio e 1/4 de xícara para um cão de grande porte ou aproximadamente ¼ da fruta.

Cães e gatos podem ser alérgicos a peras?

Embora seja possível que cães e gatos sejam alérgicos a qualquer coisa, as alergias a peras são incomuns. Os alérgenos alimentares mais comuns são itens à base de proteínas, como frango, carne ou laticínios.

Os sintomas de alergia podem incluir infecções de pele, infecções de ouvido, pele seca e coceira persistente. Esperamos que este artigo ajude a manter seus animais de estimação seguros.

Aproveite para compartilhar com seus amigos que também tem dúvidas sobre a nutrição dos pets. Acesse o nosso instagram @vitalpetbrasil e fique por dentro do mundo pet.

Conheça os nossos planos e garanta uma saúde preventiva para o seu pet. Clique aqui!