Aprenda a tratar esses 4 problemas oculares comuns em cãesSe você já pegou uma partícula de poeira em seu olho ou acidentalmente tocou seus olhos com um produto irritante em sua mão, sabe como isso pode ser agonizante. Você pode passar o dia todo enxugando as lágrimas, colocando colírios ou enxaguando os olhos. Para alguns, significa tirar lentes de contato e usar óculos durante o dia. Um cachorro não pode fazer essas coisas, e muitas vezes é surpreendente para os donos de animais que, assim como você, seu cachorro pode sofrer de irritações e outros problemas oculares.

De uma partícula de sujeira levantada no pracinha a algo mais sério como uma infecção, os cães também sofrem de problemas oculares comuns! Cabe aos donos de animais de estimação reconhecê-los e ajudar seus filhotes. Dá uma olhada nesses quatro problemas oculares comuns em cães e o que você pode fazer para oferecer alívio ao seu animal de estimação:

1. Conjuntivite

Conjuntivite é uma doença com a qual você provavelmente está familiarizado, especialmente se tiver filhos. A conjuntivite é causado por uma infecção bacteriana e é bastante comum em humanos e cães. A boa notícia é que é altamente tratável! Os antibióticos resolverão o problema em apenas alguns dias.

O problema da conjuntivite em cães não é tratá-lo – é reconhecê-lo. Seu cão provavelmente terá um tom rosado ou vermelho nos olhos em algum grau. A maioria dos donos de animais de estimação não olha muito de perto nos olhos de seus cães, a menos que eles sejam muito vermelhos ou rosa. Cuidado com os sinais de que os olhos do seu cão estão incomodando. Isso pode incluir esfregar o rosto no chão, apalpar os olhos ou esfregar o rosto contra os móveis. Assim como a conjuntivite nos humanos, essa condição causa coceira nos filhotes!

Se o olho rosa não for tratado, pode piorar e causar secreção pegajosa no canto do olho. Leve seu pet ao veterinário imediatamente para tomar antibióticos e aliviar a coceira e a dor!

2. Córnea arranhada ou danificada

Grama ou sujeira nos olhos podem causar arranhões na córnea, o que pode ser muito doloroso. Assim como os humanos, que coçam os olhos com os dedos quando estão incomodados, seu cão tentará coçar os olhos para tirar o que quer que os esteja irritando, o que leva à córnea arranhada.

Na maioria dos casos, córneas arranhadas não são graves e cicatrizam por conta própria. Dito isso, ainda é uma boa ideia obter atenção médica para seu cão. Um veterinário irá garantir que não haja danos permanentes e pode prescrever antibióticos para evitar que a infecção se enraíze. E, se o dano for grave, eles podem recomendar o curso de ação correto para protegê-lo enquanto ele cura.

Fique atento à vermelhidão nos olhos (geralmente em um olho), apalpando o olho e sinais de dor ou desconforto vindo do seu filhote – junto com a falta de vontade de abrir o olho.

3. Olho seco

O olho seco em cães pode ocorrer por uma série de razões. As alergias são os grandes culpados – novamente, assim como os humanos. As condições de saúde também podem contribuir para a secura dos olhos e, se o seu cão já estiver sob medicação, a secura do olho pode ser um efeito colateral. O que quer que esteja causando isso, olhos secos podem causar coceira e irritação para os cães.

A maior preocupação com o olho seco é a córnea arranhada, já que seu cão provavelmente irá coçar os olhos com vigor. A lubrificação inadequada pelos dutos lacrimais também causa vermelhidão e inflamação dos olhos, o que prejudica a visão. É uma condição muito desconfortável para o seu cachorro conviver, especialmente se for crônica.

Assim como você faria com seus olhos secos, as lágrimas artificiais (colírios) são a solução! Não dê ao seu cão qualquer colírio. Em vez disso, converse com seu veterinário e peça-lhe que prescreva lágrimas artificiais feitas especialmente para cães. Os colírios humanos costumam ser medicamentosos, o que pode irritar ainda mais os olhos do seu cão.

4. Glaucoma

O glaucoma é uma condição perigosa que pode causar muita dor se não for tratada, além de poder causar, em casos extremos, a remoção do olho se piorar o suficiente. Glaucoma é a incapacidade de o fluido drenar adequadamente do olho, causando aumento da pressão por trás dele. Manifesta-se sob a forma de pupilas dilatadas, turvação ocular, olhos esbugalhados ou vermelhidão.

A medicação e a cirurgia podem resolver os problemas de glaucoma, se ainda forem leves. Cada caso é diferente e seu filhote precisa de uma consulta veterinária completa para avaliar a gravidade da doença e as opções para aliviar a dor. Esse também é um ótimo exemplo de por que os exames regulares são tão importantes, já que a maioria dos veterinários verifica o glaucoma com regularidade.

Fique de olho nos problemas

A maioria dos donos de cachorros tira um tempo para olhar amorosamente nos olhos de seus companheiros peludos. Na próxima vez que você fizer isso, reserve um momento para fazer uma inspeção superficial. Os olhos do seu filhote parecem saudáveis? Vermelho? Inflamado ou irritado? Eles estão piscando muito? Certifique-se de que os olhos fixos em você estão brilhantes, felizes e com aparência saudável!